FIL 2019 – ONDE EU GUARDO UM SONHO

COMPRAR INGRESSO

Data
11, 12 e 13 de Outubro

Horário
15h , 16h e 20h

Ingressos a partir de
A partir de R$25,00

11 de outubro as 15h00 e 20h00
12 de outubro as 16h00
13 de outubro as 16h00

Tipo de Evento: Circo contemporâneo
Classificação: Livre (recomendado de 5 anos pra cima)
Duração: 45 minutos

O FIL nasceu charmoso, redondo, topetudo e narigudo, em 2003, na cidade do Rio de Janeiro.

Pioneiro festival multidisciplinar voltado para os novos públicos na cidade, desde sua origem, mistura as linguagens cênicas, digitais e audiovisuais às artes visuais contemporâneas, apontando para as coisas que ainda não tem nome.

Unindo entretenimento, reflexão e arte exigente, o FIL mistura ainda públicos de diversas idades diferentes, sensibilizando novas gerações e criando vínculos duradouros com o público cativado.

Tornou-se internacional em 2005, sendo a França o primeiro país a se engajar na proposta de intercâmbios entre artistas, espetáculos, residências, co-produções e co-criações. Sua geografia se expandiu ao longo de seus potentes 16 anos de ininterruptas atividades.

Mais de 32 países de continentes diferentes participaram do FIL, somando ao longo de sua história 465 ações, atrações, exposições e espetáculos de comprovada excelência. O FIL atua como “embaixador brasileiro para o jovem público” em diversas partes do mundo, e constrói parcerias com ministérios, consulados dos sete continentes – o sétimo, a descobrir, além de festivais de reconhecido apuro artístico.

ONDE EU GUARDO UM SONHO

Uma mulher acorda dentro de um enorme brinquedo de praça: um trepa-trepa. Colchões e travesseiros ainda estão ali… Será ainda um sonho? O espetáculo reúne diferentes formas de expressão dentro da linguagem do circo e traz a reflexão sobre como é virar adulto dentro da imaginação de uma criança.

Sobre a artista: Adelly Costantini é formada em artes circenses pela Escola Nacional de Circo (Brasil) e Scuola di circo Vertigo (Italia). Ao longo de sua carreira, trabalhou com companhias e diretores nacionais e internacionais como Cie Archaos (FR), Claudio Baltar e Renato Linhares. Criou o infantil Lua Gigante e ‘mão-translação da casa pela paisagem’ que participaram de importantes festivais no Brasil, e agora, junto a Flavio Souza, estreia o seu primeiro solo infantil ‘Onde eu guardo um sonho’.

MEIA ENTRADA CONFORME LEI Nº 12.933 DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013 E DECRETO 8.537, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2015.

De acordo com a lei federal nº12.933, em vigência desde 01/12/2015, para ter acesso ao benefício da meia entrada você deve apresentar a CIE – Carteira de Identificação Estudantil, que deve conter:

  • Nome completo e data de nascimento;
  • Foto;
  • Grau de escolaridade e nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado;
  • Data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição;
  • Certificação digital.
Não serão aceitos boletos bancários, declaração de matrícula e carteirinhas fora do padrão acima.

*A comprovação da meia entrada deverá ser apresentada no ato da compra e no dia do evento.

Entra em vigor em 01/12/2015 decreto nº 8.537 de 5 de outubro de 2015 que regulamenta a nova lei da meia-entrada (Lei n° 12.933/2013) e o Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013), garantem que 40% dos ingressos de um evento sejam destinados à meia entrada.

Consulte também:
www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12933

SAIBA MAIS: https://bileto.sympla.com.br/meia-entrada/

COMPRAR INGRESSO