SOMA A SOMA COM ZÉ IBARRA, DORA MORELENBAUM, TOM KARABACHIAN, LEO QUINTELLA E ALULU PARANHOS

Data: 29 de janeiro 2022 | Sábado, às 20h
Tipo de evento: #Presencial + Live | Formato: Arena com transmissão no nosso canal no YouTube
Vendas: Plateia  EXTERNA – R$90,00 | Plateia INTERNA – R$70,00
Classificação: 14 anos
Duração: 95 min

 

Release

Atrações do Festival Somamos

se reúnem em show inédito no Teatro Prudential

 

Cinco jovens amigos vão dividir o palco arena do teatro no próximo dia 29 de janeiro, para um sarau intimista, com conversa, histórias e muita música boa

 

Imersos em composições, arranjos e parcerias durante o período de isolamento, Zé Ibarra, Dora Morelenbaum, Tom Karabachian, Leo Quintella e Alulu Paranhos participaram da 2ª edição do Festival Somamos e voltam ao palco do Teatro Prudential dia 29/01, dessa vez como um coletivo, apresentando o show inédito e despojado Soma a Soma, com convidados especiais e no formato arena, com o palco aberto para a área externa e interna. O show será transmitido ao vivo no canal do Youtube do Teatro Prudential (https://www.youtube.com/c/TeatroPrudential).

 

Convidado para fazer parte do show, Zé Ibarra fala sobre a importância de engajar atividades culturais e participar de eventos coletivos: “Toda casa de show ou espaço que promova eventos culturais deveria fomentar celebrações que nos lembrem que fazemos parte de algo maior. Quando a Maria Siman, produtora do Instituto Evoé, me chamou para essa confraternização com quatro artistas incríveis, eu achei perfeito, pois contempla essa minha vontade de comemorar a existência coletiva de algo que se move e que está construindo algo para a cena cultural do Rio de Janeiro e do Brasil. O Soma a Soma nos dignifica como seres da cultura. Fazer junto é uma alegria mais gostosa do que fazer sozinho. A realização desse show traz esperança para o que há por vir. Estou muito animado para subir novamente no palco do Teatro Prudential”, destaca o cantor e compositor.

 

SOBRE OS ARTISTAS

Zé Ibarra é um artista que promete se fazer lembrado e, com 24 anos, já carrega muito na bagagem: é compositor, arranjador, multi-instrumentista e cantor. Sua trajetória começou com a Dônica, banda com a qual lançou em 2015 o aclamado disco ‘continuidade dos parques’, fazendo um som que mistura rock progressivo com MPB. Com esse álbum ganhou o prêmio da música brasileira de 2015 como artista revelação e participou de grandes festivais de música pelo Brasil, como Rock in Rio e Lollapalooza.

 

Dora Morelenbaum tem 25 anos e é cantora e compositora. Lançou no início de 2021 o seu primeiro EP “Vento de Beirada”, um álbum que sintetiza sua pesquisa e aprofundamento na canção, com composições inéditas autorais e de parceiros, gravadas em 2019. Na mesma época, produziu a faixa “Dó a dó”, lançada no fim de 2020, parceria sua com Tom Veloso.

 

Zé Ibarra e Dora Morelenbaum são amigos de longa data e têm a música como elo principal da sua parceria. A troca vai muito além das composições, em novos projetos, produções e nos palcos, tudo isso vindo de uma dinâmica puramente despretensiosa. Suas carreiras são entrelaçadas desde o princípio, e ambos acompanharam de perto seus projetos.

 

 

Tom Karabachian, é cantor, compositor e ator, nascido na zona sul do Rio de Janeiro. Rodeado de parceiros, Tom, aos 24 anos carrega toda sua admiração pela MPB em suas composições. Diretamente influenciado pelo rock moderno, seu show de músicas autorais passa pelo pop, samba rock, afrobeat, e traz um clima de festa pra esse momento de renascimento, ou melhor, nascimento do seu primeiro trabalho chamado “Aviciou”. Como compositor, tem também 2 músicas gravadas pela Mart’nália , ‘’Melhor pra Você’’ no disco que ganhou Grammy Latino de melhor ‘’Disco de Samba” em 2018 e outra no seu recém lançamento chamado “Sou assim até mudar” que deu nome ao título do álbum em 2021.

 

Cítrica, criativa, crítica e debochada. Alulu Paranhos é do tipo aventureira! A jovem criadora carioca que começou produzindo suas músicas e clipes em seu quarto, lançou em 2021 seu primeiro EP. Com arranjos lúdicos, detalhistas, de voz suave e astral colorido, tem conquistado corações e ouvidos de quem a encontra.

 

Cantor, compositor e multi-instrumentista, o paulistano Leo Quintella chegou no mercado profissional mostrando que sua música é diversa e transmite o equilíbrio de seu autor. Ele já lançou os singles Jangada (ijexá repaginado), Slowmotion Cameraman (folk moderno) e a releitura de Meu Sangue Ferve por Você (mistura house e disco music), nessa ordem, e agora chega às plataformas digitais com as outras faixas de Camaleão.

 

 

 

 

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

 

Assessoria Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch

MNiemeyer Assessoria de Comunicação

Flavia Motta: flavia@mniemeyer.com.br

Andrea Pessoa: andrea@mniemeyer.com.br

 

Assessoria Prudential do Brasil

Approach Comunicação Integrada

Luis Lima: luis.lima@approach.com.br

Luceth Carvalho: luceth.carvalho@approach.com.br

COMPRAR INGRESSO