SOMAMOS FESTIVAL – THEO BIAL E QUEL | SHOW

 

Data: 25 de novembro de 2020

Show: Quarta as 20h

Tipo de Evento: Live + presencial

Vendas presenciais: R$60,00 (inteira) | Acesse: https://bileto.sympla.com.br/event/66785

Vendas Online: R$15,00 | Acesse: https://www.sympla.com.br/somamos-festival—theo-bial-e-quel—transmissao-online__1033696

Classificação: Livre

Duração: 70 minutos

 

A primeira edição do Somamos Festival, idealizado pelo Teatro Prudential, tem o propósito de incluir e trazer toda a diversidade cultural da nova cena musical independente para o palco do Teatro Prudential, em apresentações ao ar livre. Somando diversos ritmos e estilos, reúne 12 atrações em 8 dias de evento, traçando um roteiro original que vai da MPB ao soul, do reggae ao samba, sempre com novas experimentações. No line-up estão confirmados Chico Brown, Duda Brack e Chico Chico, Mariana Volker, Beraderos, Luciane Dom, Pietá, Tuim, Bárbara Sut e DJs Tropicals E DJ Iuri. O festival, que acontece de 14 a 28 de novembro, será presencial, ao ar livre, além de contar com transmissão ao vivo. O Dj Iuri comanda o som a partir das 19h e até às 22h.

 

O show reúne no mesmo palco, Theo Bial e Quel, com canções autorais destes dois artistas da mais jovem Música Popular Brasileira. Theo Bial e Quel construíram uma parceria ao longo dos anos e já estiveram juntos nos palcos da Casa da Gávea, da Áudio Rebel, do Estúdio Floresta e do Teatro Ipanema. Os cantores se encontram mais uma vez para um show ao mesmo tempo intimista e dançante, brincando com a leveza e a potência da Música Popular Brasileira. No repertório, apresentam suas canções autorais mais queridas do público que já os acompanha de perto. O espetáculo vai do samba ao soul e promete uma janela de diversão e arte para o amplo e diverso público da música brasileira.

 

Aos 22 anos, Quel já possui uma carreira como cantora consolidada desde 2013. Em 2020, a compositora deu início ao seu projeto autoral com o single Cor do meu batom, muito bem recebido pelo público e elogiado pela crítica. Atualmente, é vocalista da Bateria da PUC e defende anualmente o Carnaval ao lado do Bloco Filhos da PUC. Quel também faz parte do elenco da companhia Cine em Canto, que circula com o espetáculo musical Meu Caro Barão, com músicas de Chico Buarque. Suas últimas apresentações aconteceram em 2019, junto ao grupo argentino Fuerza Bruta, em todos os dias do festival Rock In Rio.

 

Theo Bial, também 22, canta e compõe desde 2011, sendo desde então reconhecido pela beleza e simplicidade de suas letras. Em 2017, lançou seu primeiro álbum do Amor à Sabedoria acompanhado de singles como Gaia, apresentado no programa Altas Horas. Influenciado pela bossa nova e jazz, costuma se apresentar acompanhado de seu violão. O jovem artista já percorreu palcos como: Teatro Rival, Teatro Ipanema, Casa da Gávea, Teatro Funarte SP e no Festival Universo Paralelo.

 

“Sou cantor e compositor carioca e tenho o violão como meu principal instrumento e melhor amigo para todas as horas. Meu primeiro contato com o instrumento foi aos 10 anos de idade. Mais tarde, em uma banda formada na escola, comecei a cantar por motivação da também cantora, e hoje parceira, Quel. Hoje, tenho como minhas principais referências: João Gilberto e Djavan. Meus principais trabalhos autorais são o álbum “do Amor à Sabedoria” e os singles: Gaia, Pontão e Cada Dia. Inspirado pelo amor, busco a sofisticação sem perder a simplicidade.” Theo Bial

 

“Com 13 anos, acompanhada de Theo Bial, tive meu primeiro contato com o palco. Desde então, venho aprimorando meu canto com professores e explorando estilos musicais diversos. Nesse contexto, me deparei com o mundo do samba quando me tornei vocalista da Bateria da PUC e me apaixonei pelo estilo musical. Também tive a oportunidade de me aventurar na atuação com a companhia Cine em Canto, com o qual circulei com o espetáculo Meu Caro Barão. A partir dessa bagagem, me descobri compositora e, misturando o jazz com o samba, lancei meu trabalho autoral em 2020.” Quel

COMPRAR INGRESSO